Quinta, 18 de Julho de 2024
23°

Tempo nublado

João Pessoa, PB

Justiça JANNYNE

Ministro do STJ nega habeas corpus e mantém ex-diretora do Hospital Padre Zé na prisão

Conforme apurado, a negativa ocorreu na noite de ontem (04). ​A informação é do jornalista Clilson Júnior.

05/12/2023 às 09h10 Atualizada em 05/12/2023 às 17h26
Por: ImpactoPB
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Foi negado pelo ministro Teodoro Silva dos Santos, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), o pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa da ex-diretora do Hospital Padre Zé, Jannyne Dantas, na terça-feira (29). A negativa ocorreu na noite de ontem (04). A informação é do jornalista Clilson Júnior. 

A defesa de Janine havia socilitado o HC afirmando que a cliente estava sendo vítima de uma decisão que não se sustentaria e que deveria ser considerada nula. 

"Estamos alegando, levando os reclames, as aflições sofridas aqui no estado da Paraíba, em decorrência de uma decisão, que na ótica da defesaé manifestamente nula", citou à época um dos advogados em entrevista à imprensa.

Jannyne está presa desde o dia 17 de novembro. Ela é acusada de compor um esquema criminoso encabeçado pelo Padre Egídio de Carvalho, que teria desviado milhões de reais do Hospital Padre Zé, em João Pessoa.

Confira detalhes da negativa do Habeas Corpus:

Fonte: clickpb

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias