Quinta, 18 de Julho de 2024
24°

Tempo nublado

João Pessoa, PB

Saúde IMUNIZAÇÃO

Saúde orienta a importância de atualizar caderneta de vacinação de acordo com a faixa etária

Para vacinação é importante apresentar um documento oficial com foto ou registro da criança ou adolescente, o Cartão do SUS e o cartão ou caderneta de vacina.

10/07/2024 às 18h18
Por: ImpactoPB
Compartilhe:
Saúde orienta a importância de atualizar caderneta de vacinação de acordo com a faixa etária

A caderneta de vacinação é o documento que contém todas as vacinas já administradas no indivíduo e precisa estar atualizada, obedecendo a indicação para cada faixa etária. No Sistema Único de Saúde (SUS), existem vacinas diferentes para cada público: crianças, adolescentes, adultos e idosos. Isso acontece porque as vacinas foram desenvolvidas para o público-alvo no qual a incidência de cada doença é maior.

A tríplice bacteriana, por exemplo, que combate tétano, difteria e coqueluche, é dada para as crianças porque o principal grupo de risco para a coqueluche são os menores de cinco anos. Já os maiores tomam só a dupla adulta a cada dez anos, para tétano e difteria, sem a coqueluche. Isso porque se uma pessoa teve a vacinação completa quando criança, a coqueluche não será um problema grave para o organismo adulto. Por ter uma incidência muito menor na população adulta, a doença deixa de ter uma relevância epidemiológica.

“Cada faixa etária tem sua indicação vacinal, seguindo estudos clínicos e o cenário epidemiológico para riscos de maior gravidade para diversas doenças. No Brasil, há um dos maiores programas de vacinação do mundo, onde são disponibilizadas vacinas, soros, imunoglobinas para a população de forma segura, de acordo para cada faixa etária e com campanhas anuais. Por isso, ressaltamos a importância da prevenção e garantimos esse acesso fácil a este cuidado tão fundamental à população”, destacou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa.

No calendário das crianças são contempladas as vacinas que protegem contra Tuberculose - BCG, Paralisia Infantil (VIP e VOP), Difteria, Tétano, Pertussis, Hepatite B e Haemophilus Influenza B – Pentavalente, Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela, Meningite e Pneumonia – Pneumocócica 10, Rotavírus Humana, Hepatite B, Hepatite A, Febre Amarela, meningocócica C, Covid-19, Influenza, HPV (de 9 e 14 anos), e Dengue (de 10 a 14 anos).

Os adolescentes devem ter a caderneta atualizada com as vacinas que protegem contra Difteria e Tétano - Dupla Adulto, Febre Amarela, Hepatite B, Sarampo, Caxumba e Rubéola - Tríplice viral, Influenza, Covid-19 (se fizer parte do grupo prioritário), meningocócica ACWY – MenACWY, Dengue e HPV (até os 14 anos).

Grávidas e puérperas podem tomar vacinas contra Hepatite B, Difteria e Tétano - Dupla Adulto – dT, Covid-19 e Influenza. Para as gestantes, a vacina contra Difteria, Tétano, Pertussis - dTpa – acelular é indicada para cada gravidez a partir da 20ª semana gestacional e puérperas até 45 dias.

Os idosos são recomendados tomar a vacina contra Covid-19 a cada seis meses e contra Influenza anualmente, a cada Campanha Nacional de Vacinação. Esse grupo também pode receber a vacina que protege contra Difteria e Tétano - Dupla Adulto (dT), caso não haja registro vacinal e especialmente pessoas acamadas e restritas ao leito devem tomar a pneumocócica 23, que protege contra doenças graves causadas pela bactéria pneumococo, como pneumonias, meningites e outras. 

“Profissionais de saúde e de educação devem estar atentos também a caderneta de vacinação, as quais requerem doses diferenciadas nessa assistência, a exemplo da vacina dTpa. Assim como o esquema de vacinação contra HPV, que também atende a um público diferenciado e recentemente passou a ser recomendado a quem faz uso da Profilaxia Pré-Exposição ao HIV. Todas as dúvidas da população podem ser esclarecidas nas salas de vacinas da rede municipal”, completou o coordenador.

Atualização da caderneta – Crianças, adolescentes, adultos e idosos devem manter o documento de vacinação em dia. Quem está com a caderneta de vacinação desatualizada coloca em risco não apenas a própria saúde, mas também pode se tornar um transmissor de doenças, em especial para as crianças e idosos, que são grupos mais vulneráveis. É com esse alerta que a Prefeitura de João Pessoa convoca toda a população para buscar um serviço de saúde mais próximo e colocar em dia a vacinação.

Documentação – Para vacinação é importante apresentar um documento oficial com foto ou registro da criança ou adolescente, o Cartão do SUS e o cartão ou caderneta de vacina.

Locais de vacinação em João Pessoa nesta quinta-feira (11):

Unidades de Saúde da Família (USFs)
Vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza) e do Calendário de Rotina
Horário: 7h às 11h e das 12h às 16h (de segunda a sexta-feira)
*exceção: Alto do Céu II, Cidade Verde e Jardim Planalto.

Policlínicas Municipais 
Vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza) e do Calendário de Rotina
Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)

Centro Municipal de Imunização
Vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza) e do Calendário de Rotina
Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)
8h às 12h (sábado, domingo e feriado – apenas para vacinação de urgência)

Home Center Ferreira Costa
Apenas as vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza)
Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira)
8h às 16h (sábado)

Shopping Sul
Apenas as vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza)
Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira)    
10h às 16h (sábado)

Shopping Tambiá
Apenas as vacinas de Campanha (Dengue, Covid-19 e Influenza)
Horário: 12h às 20h (de segunda a sexta-feira)
9h às 16h (sábado)

Vacinação Domiciliar
Agendamento: (83) 98645-7727 – (Apenas whatsapp)
Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)

secomjp

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias