Sábado, 21 de Maio de 2022
29°

Poucas nuvens

João Pessoa - PB

Polícia Movimento legal

POLICIAIS MILITARES INSATISFEITOS COM PROPOSTA DO GOVERNO

Policiais militares não estão de acordo com acordo firmado entre associações da pm e governo do estado

06/01/2022 às 21h07
Por: Impacto PB
Compartilhe:
movimento policia legal
movimento policia legal
Na tarde de hoje (6) o governador João Azevedo (cidadania) se reuniu, mais uma vez, com representantes das associações dos policiais militares do estado da Paraíba em busca de resolução de impasse entre tropa e governo. Os policiais reivindicam melhorias salariais e alegam que o proposto pelo governo não entende as suas expectativas. De acordo com o coronel Sobreira, a PM levou a mesa de negociações novas exigências, dentre elas, um Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), além de um aumento percentual linear maior que o proposto inicialmente pelo estado e também um aumento no auxílio alimentação de 30%.
“Alguns pontos foram atendidos e outros não. Por exemplo, a incorporação da bolsa desempenho em 100% foi aceita, apesar dele ter esticado de 36 para 48 meses, foi algo substancial, eu entendo. Nós pedimos 30% do auxílio alimentação, ele [João] deu 24% para melhorar a alimentação do policial que está na rua. Fizemos análise das horas extras comparativo com o Rio Grande do Norte e ele [João] tá fazendo igualmente. O valor da hora extra de lá tá sendo aplicado aqui com um diferencial: o policial que trabalhar aqui de segunda-feira a quinta-feira, que são dias em tese mais tranquilo, vai ser 74%, quando são sexta-feira, sábado, domingo e feriado, passa para 140%. Se não é a melhor forma, é a forma mais equilibrada para que não haja disparidade”, disse ao Mais PB.
De acordo com policias, ativos e inativos, estas decisões não agradaram a categoria tendo em vista a grande defasagem salarial que acomete o bolso dos servidores militares do estado. Ressaltam que ainda está muito longe do que realmente merecem e que continuarão com o movimento apoiado pelo Deputado Cabo Gilberto Silva.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias